Estranho "celular de barro" é encontrado por arqueólogos na Áustria


Os canais online dedicados a teorias da conspiração estão entusiasmadíssimos. A razão? Um telefone com, alegadamente, 800 anos. De acordo com a imprensa inglesa, o objeto em barro teria sido encontrado na Áustria durante uma escavação arqueológica.

A sua característica mais curiosa é o fato de ter gravadas teclas, exatamente como um telefone celular, mas com escrita cuneiforme, datada de 3500 a.C. e atribuída aos sumérios.


Alguns sites referem, no entanto, que se trata de um embuste ou de uma partida bastante bem elaborada com o intuito de chamar a atenção, uma vez que a informação disponível sobre a descoberta é muito limitada.

Muitas tábuas de argila com escrita cuneiforme já foram encontradas, mas a história oficial não fala da influência dos povos da mesopotâmia (de onde esse tipo de escrita se origina), na região da Europa onde esse artefato foi encontrado. A descoberta desse objeto levou muitos conspiracionistas fazerem referência a Fuente Magna (clique AQUI para ler sobre o assunto), um artefato de barro encontrado na Bolívia contendo estranhas inscrições cuneiformes.


Outro fator interessante trata da data que o tal celular de argila teria: 800 anos. Há 800 anos atrás a escrita cuneiforme já estava extinta, e a sua tradução e compreensão só foi alcançada no século 19, ou seja, depois da confecção do estranho objeto.

Alguns sites que tratam de teorias da conspiração afirmam que a descoberta desse estranho celular de barro seria uma nova prova que comprovaria a existência da viagem no tempo.

Compartilhar Google Plus

Autor Dimensão Medo

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial