Succubus e Incubus

Sempre quis falar sobre essas duas figuras, mas eventualmente os deixava de lado. Então chegou o momento! Preparem-se CSanos! A coisa agora é para maiores de idade! Ou quase...
Vamos começar pelas definições. Succubus e Incubus são seres demoníacos cujo poder é associado aos sonhos e à sexualidade. Succubus seria a forma feminina e Incubus, a masculina.
Essas criaturas são bastante antigas e relatos das aparições são encontrados por todas as culturas.
Vamos detalhar melhor nossos amiguinhos.


A Succubus, como já dito, é a figura feminina. Ela tem o poder de invadir a mente dos homens durante os sonhos, captar suas fantasias sexuais e se transformar nelas. Assim o coitado (coitado?) acaba tendo relações sexuais com o demônio e achando que sonhou "traçando" aquela vizinha gostosa!.
Muito marmanjo por ai deve ter pensado: Que legal! O que há de mal nisso?
Bom... Nada que vem de demônios pode ser coisa boa. A Succubus tem basicamente dois objetivos. Um deles é captar a energia sexual do sujeito. É como ela se alimenta. Assim, a vitima acaba sofrendo de problemas psicológicos sérios, podendo tornar-se necrófilo, pedófilo,estuprador e outras coisas tão degradantes quanto. A maioria ainda fica impotente com a constância dos ataques ou morrer de desgaste físico.
Já o Incubus é a contraparte masculina do bicho. A forma de ataque é a mesma. Invasão dos sonhos femininos. Além de sugar a energia vital da vitima, ainda corre o risco de engravidá-la.
Existe uma variação na lenda que diz que o succubus e incubus são a mesma entidade, variando sua forma a depender da escolha sexual da vitima. Com isso, ela adquire um objetivo final mais escuso! Ela, quando succubus, coleta esperma do homem atacado e, quando incubus, leva esse mesmo material genético para engravidar uma mulher.
Acho fácil ver de onde surgiram essas lendas. Numa visão mais inocente, o misticismo deve ter surgido para explicar a "polução noturna", que é a ejaculação involuntária durante o sono. O cara acorda "melado" ejaculado e se pergunta: Cacildis! De onde veio isso?
Também seria uma forma de tentar explicar a famosa "Paralisia do sono". Se você não teve isso, parabéns. Não é nada agradável. Eu tinha constantemente quando era mais novo. Vou dar uma explicação biológica básica, sem envolver muitos detalhes técnicos.
Enquanto você está sonhando, seu cérebro meio que relaxa os principais músculos do corpo para que você não atue fisicamente. É por isso que você não sai correndo pela casa quando está sonhando estar numa maratona (a não ser que você seja sonâmbulo, mas aí já é história para outra  postagem). Quando esse mecanismo está desregulado o cérebro pode ativar o relaxamento antes que você durma...ou não religar a musculatura quando você acorda. Então o bicho pega. Uma mistura de estar acordado e dormindo ao mesmo tempo. O sonho se mistura com a realidade. Você sabe que está acordado, mas seu corpo não reage! Uma palpitação frenética que parece que o coração vai explodir. Você quer pedir ajuda, mas a voz não sai. Até que, aos poucos, seu corpo regula a parada e você volta ao normal. Falem sério... Como imaginar, em tempos remotos, que isso não é algo demoníaco? É mais fácil imaginar que tem um demônio invisível prendendo seu corpo do que uma parafernália dessas!
Em outra visão, mais "safadjenha", é uma boa explicação para mulheres, que se diziam virgens, aparecerem grávidas do nada, ou para uma mulher casada explicar por que o filho nasceu com a cara do vizinho!!! Obvio que a entidade atacou o cara da casa ao lado e depois a atacou, levando sua sementinha!
Fora as famosas desculpinhas para que alguém tenha um comportamento criminoso. Sabe aquele famoso "Não fui eu que matei aquele cara! Eu estava possuído pelo demônio!", visto constantemente em religiões evangélicas? Pois é. Era uma forma do sujeito, com desvio de comportamento, tentar livrar sua barra. Ele não era um pedófilo, estuprador ou coisa parecida! Na verdade ele foi uma vitima da succubus, que o levou a isso!
Existem relatos de succubus em várias mitologias. Em uma delas, a origem dessa classe de demônio remonta ao início da humanidade mitológica cristã "versão 2.0 beta". Já comentei em outras postagens sobre isso, mas... Quando Deus criou o primeiro homem, Adão, lhe "deu" de presente a primeira mulher...Lilith! Só que ela teria nascido do barro, assim como o homem. Dessa forma, Lilith não se sujeitava às vontades de Adão, pois era uma igual. Se eles transavam, ela não queria ficar apenas por baixo... Ela queria variar e ficar por cima também. Ela até podia fazer uma comidinha pra Adão, mas no dia seguinte, queria que ele cozinhasse.
Adão ficou puto com isso, afinal ele queria uma mulher submissa, e pediu a Deus que batesse um papo com Lilith. Depois de uma conversa com o Todo poderoso, Lilith deixou claro que não seria capacho do homem...Sendo assim, Deusão Sangue Bom, a expulsa do Paraíso e resolve fazer uma cirurgia em Adão, arrancando um pedaço de sua costela e, desse material, criando a Eva! (que também não deu muito certo, mas pelo menos essa era submissa!)
Então Lilith ficou vagando pelo lado de fora do paraíso e, revoltada com Deus (com razão, diga-se de passagem), acabou se unindo a quem lhe deu abrigo. A galera de Lúcifer.  Dessa união com os demônios, ela acabou se tornando a primeira Sucubus!
Acho que é isso! Espero que tenham gostado de minha primeira e única postagem de 2012! Até a próxima!
Curiosidades:
Lembram de Merlin, o famoso mago das histórias do Rei Arthur e a Távola redonda? Pois é! Em uma das versões, Merlin teria sido filho de um incubus, pois ninguém sabia quem era o seu pai.
A succubus tem sido material fértil para livros, filmes e games.Uma das mais famosas no mundo dos games é a Morrigan Aenslan, do jogo de luta Darkstalkers.
Compartilhar Google Plus

Autor sadSushi

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial