São Cipriano & suas magias.

O Feiticeiro

Filho de pais pagãos e muito ricos, nasceu em 250 d.C. na Antioquia, região situada entre a Síria e a Arábia, pertencente ao governo da Fenícia. Desde a infância, Cipriano foi induzido aos estudos da feitiçaria e das ciências ocultas como a alquimia, astrologia, adivinhação e as diversas modalidades de magia.
Após muito tempo viajando pelo Egito, Grécia e outros países aperfeiçoando seus conhecimentos, aos trinta anos de idade Cipriano chega à Babilônia a fim de conhecer a cultura ocultista dos Caldeus. Foi nesta época que encontrou a bruxa Évora, onde teve a oportunidade de intensificar seus estudos e aprimorar a técnica da premonição. Évora morreu em avançada idade, mas deixou seus manuscritos para Cipriano, dos quais foram de grande proveito. Assim, o feiticeiro dedicou-se arduamente, e logo se tornou conhecido, respeitado e temido por onde passava.




Em um capítulo de seu livro, Cipriano narra um episódio ocorrido após sua conversão:
"Numa noite de sexta-feira, caminhava por uma rua deserta quando se deparou com quatorze fantasmas. Essas aparições eram bruxas que imploravam ajuda. Cipriano respondeu-lhes que havia se arrependido de sua vida de feiticeiro, e que havia se tornado temente a Jesus Cristo. Logo depois caiu em sono profundo, e sonhou que a oração do Anjo Custódio o livraria daqueles fantasmas. Ao despertar teve uma breve visão do Anjo. Assim, auxiliado pela oração de São Gregório e do Anjo Custódio, esconjurou e livrou a alma atormentada das bruxas."


O famoso Livro de São Cipriano foi redigido antes de sua conversão, mas o mistério que envolve a vida do Santo interfere também em seu livro. Uma parte dos manuscritos foi queimada por ele mesmo. A questão é que não se sabe quando, e por quem os registros foram reunidos e traduzidos do hebraico para o latim, e posteriormente levados para diversas partes do mundo.
No decorrer dos anos, o conteúdo sofreu alterações significativas. Houve uma adaptação de acordo com as necessidades e possibilidades contemporâneas; além da adequação necessária na tradução para os vários idiomas. Esses fatores colocam em dúvida a fidelidade das versões recentes, se comparadas às mais antigas.
Atualmente, não é possível falar do Livro, mas sim dos Livros de São Cipriano. As edições capa preta e capa de aço; ou aquelas intituladas como o autêntico, o verdadeiro, ou o único, enfatizam um mesmo acervo mágico central, e ainda exaltam o cristianismo e a vitória do bem sobre o mal. Porém, existem grandes diferenças no conteúdo. Enquanto alguns exemplares apresentam histórias e rituais inofensivos, outros apelam para campos negativistas e destrutivos da magia.



  PARA SE TORNAR INVISÍVEL 
Mate um gato preto, enterre-o no seu quintal, colocando uma fava em cada 
Olho, outra debaixo da cauda e outra em cada ouvido. Depois de tudo isto 
feito, deve-se cobri-lo de terra e vá regá-lo todas as noites, ao soar da meianoite, com um pouco de água, até que as favas, que devem ter rebentado, 
estejam maduras, e quando estiverem nesse ponto, corte-as pelo pé. 
Depois de cortadas, leve-as para casa e colocai uma de cada vez na boca. 
Quando perceber que estás invisível é porque a fava que acabas de pôr na boca, tem o poder de deixá-lo invisível e ela deve estar sempre consigo e toda 
a vez que quiser entrar num lugar sem ser percebido é só colocá-la na boca. 
ATENÇÃO — Poderá ocorrer, que toda a vez que for regar as favas, 
aparecer muitos fantasmas com o fim de assustá-lo, para não completar o seu 
intento. A razão disto é pura e simples: como esta é uma mágica que não precisa 
nenhum encantamento e nem a invocação de nenhum demônio, estes farão de tudo 
para que você desista e recorra a outros processos, que em troca de sua 
invisibilidade tem de lhes entregar a alma. 
Mas não se assuste se isso acontecer, eles não têm poder algum e para 
afugentá-los hasta fazer o sinal da cruz. 




ORAÇÃO DA CABRA PRETA MILAGROSA 


Cabra Preta milagrosa, que pelo monte subiu, trazei-me Fulano, que de minha mão 
sumiu. Fulano, assim como o galo canta, o burro rincha, o sino toca e a cabra berra, 
assim tu hás de andar atrás de mim. 
Assim como Caifás, Satanás, Ferrabrás e o Maioral do Inferno, que fazem todos 
dominar, fazei Fulano se dominar, para me trazer cordeiro, preso debaixo do meu pé 
esquerdo. 
Fulano, dinheiro na tina e na minha mão não há de faltar; com sede, tu, nem eu, não 
haveremos de acabar; de tiro e faca, nem tu, nem eu, não há de nos pegar; meus 
inimigos não hão de me enxergar. 
A luta vencerei, com os poderes da Cabra Preta milagrosa. Fulano, com dois eu te 
vejo, com três eu te prendo, com Caifás, Satanás, Ferrabrás. 
(REZE-SE ESTA ORAÇÃO COM UMA VELA ACESA E UMA FACA DE 
PONTA)



        
PARA VER PESSOAS AUSENTES


Deve-se tomar um pouco de água de mar. Água azul de nove ondas, quando a 
lua estiver em quarto crescente. Coloca-se a água em uma bacia e chama-se a pessoa 
que se pretende ver. Faz-se isto à meia-noite, com duas velas de sebo acesas. 
Pronuncia-se nove vezes o nome da pessoa que se deseja ver e mais as seguintes 
palavras: 
"Eu te conjuro (aqui pronuncia-se o nome da pessoa), para que apareças aqui, de 
corpo e alma, nesta bacia, pelo poder dos nove gênios que sem cessar navegam nas 
águas do oceano. Rogo, em nome de Adoanes, que te faça visível nesta água". 
A pessoa retira-se de perto da bacia onde está a água, voltando cinco minutos bem 
contados, e verá quem deseja.

Livro de são Cipriano 

São Cipriano tem vários livros então aconselho vocês a procurarem mais livros dele
Compartilhar Google Plus

Autor sadSushi

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial