O FUNERAL- PARTE 2

Este mundo tem segredos, muitos ainda a ser revelados, só 
que este não é meu trabalho. O meu foco é dizer o “como” e o 
“porque” eu consigo ver os mortos. Simples: “Sou o que 
todos 
chamam de anormal” consigo não só ver todos eles, como 
posso matá-los. Isso descobri quando completei meus 18 
anos de idade. Eu estava num velório de um parente não 
muito próximo. Eu que causei a morte dele, como um teste 
de meus poderes sobrenaturais.
Ninguém sabe, nem sequer sonham que eu sou um tipo de “ceifeiro de almas” não me vejo como um monstro, mas sim 
como um ser que coloca ordem no mundo. Pois um dia 
alguns tem que ir para dar espaço a outros.
Eu também não escaparei desse fardo escuro chamado morte. 
Algumas pessoas temem a morte, mas depois querem vir 
falar comigo. É estranho, mas verdade. Quando não correm 
atrás de minha pessoa em busca de explicação, preferem 
apenas bater um papo em seu próprio velório. Muitos gostam 
é de pedir permissão para assombrar casas, ou alguns 
prédios. Os mortos precisam assustar para se manter 
alimentados. E já que eu ainda não estou na fase de ser um 
“fantasma”, prefiro andar pela terra de velório em velório 
conversando com os defuntos que até depois de suas mortes 
tem coisas a contar.

Compartilhar Google Plus

Autor sadSushi

    Blogger Comentario
    Facebook Comentario

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial